IU IEPALA R.B.- UCM


ESP

IU IEPALA R.B.- UCM


O Instituto Universitário denominado IEPALA-UCM “Rafael Burgaleta” foi promovido pelo Instituto de Estudos Políticos para América Latina e África (IEPALA) e o Reitor da Universidade Complutense de Madrid (UCM) e constituiu-se como Instituto Universitário Adscrito à UCM o 29 de junho de 1990 no ponto 19 da Ordem do dia da Junta de Governo da UCM. Dita decisão foi ratificada pelo Conselho Social o 9 de janeiro de 1992.

Sua trajetória, identidade e projeção recolhido na atualização do Convênio conforme aos requisitos da LOU que foi ratificado por ambas instituições com data 11 de fevereiro de 2005.

“Será objetivo primordial do Instituto a análise, estudo e fomento de interesse e saberes intelectuais entre jovens graduados universitários e outros profissionais, para o campo da investigação, do assessoramento técnico e político, da execução de projetos, e também na formação e capacitação, ou nas publicações científicas e de divulgação, conheça-se mais e melhor a realidade dos problemas mundiais e isso contribua a ampliar a universalidade do conhecimento e da consciência solidária nas gerações que, no futuro, serão responsáveis da construção e socialização dos princípios e valores democráticos.... “.

Neste marco o instituto propõe:

- Desenvolver linhas de investigação científica e técnica especializadas no estudo das Relações Internacionais, a Economia e Segurança Mundiais, os problemas teóricos e políticos do Desenvolvimento e a chamada Globalização, a contribuição à construção de uma Ética Global e universalização baseada na busca e defesa dos Direitos Humanos e da Democracia...

- Apresentar propostas e fórmulas práticas e operativas em favor dos processos, programas e projetos de transformação na composição social e a dinâmica dos povos e países de América latina, África e o Terceiro Mundo...

- Manter uma linha formativa especializada criando as condições para a potenciação dos planos de educação a distância em plataforma e-learning